Datafolha: 81% já decidiram votar para presidente – 22/09/2022 – Poder

By | September 23, 2022

O percentual de eleitores que dizem ter decidido totalmente votar para a presidência chegou a 81%, segundo o Datafolha, que divulgou nesta quinta-feira (22) uma nova rodada de pesquisas. Na semana passada, a taxa de respondentes convencidos foi de 78%.

A certeza sobre a escolha é ainda maior entre os que optam por Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL). Entre os apoiadores do ex-presidente, 87% se dizem firmes (86%) e, entre os apoiadores do atual presidente, o índice é de 88% (ante 86% na semana anterior).

Dos quatro principais candidatos presidenciais, Ciro Gomes (PDT) continua a ser aquele com o eleitorado mais instável. De seus apoiadores, 54% dizem que ainda podem mudar seu voto e 46% dizem que estão certos. Na semana passada, os números foram de 52% e 48%, respectivamente.

No caso de Simone Tebet (MDB), 56% estão totalmente decididos e 43% admitem reconsiderar sua escolha. Há uma semana, os percentuais eram de 47% e 52%, respectivamente, o que indica uma tendência de cristalização do voto entre os que agora optam pelo senador.

See also  IBGE realizou 6.550 demissões de trabalhadores contratados para o censo - 18/08/2022

Na parcela de eleitores que pretendem votar em branco ou nulo, 64% está totalmente decidido (era 63%).

Na simulação do primeiro turno do instituto, Lula lidera, com 47% das intenções de voto, seguido por Bolsonaro (33%), Ciro (7%) e Tebet (5%).

Feito entre terça (20) e quinta (22), o levantamento tem margem de erro de dois pontos percentuais, mais ou menos. O instituto ouviu 6.754 eleitores em 343 municípios. A pesquisa, encomendada pela Folha e pela TV Globo, está registrado no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR-04180/2022.

Entre os homens, 14% ainda podem mudar de ideia sobre votar (em comparação com 18% há uma semana); entre as mulheres, a taxa de volatilidade é de 23% (era 24%). Mesmo entre pessoas entre 16 e 24 anos a taxa é notável, em 31% (contra 34% na pesquisa anterior).

Os eleitores não convencidos por Ciro migrariam em grande parte (38%) para Lula. Outros 18% iriam para Bolsonaro e 13% para Tebet. Os apoiadores do pedetista são alvo de uma intensa campanha por um voto útil, que tenta fazer com que optem por Lula no primeiro turno, para derrotar Bolsonaro.

See also  Os Lakers assumiram o time titular revelado para a temporada 2022-23

A nova pesquisa traz uma mudança do candidato que teria mais chances de receber o voto do eleitor se mudasse de ideia no dia da votação. Lula se tornou o candidato presidencial mais citado, com 21%, à frente de Ciro, que obteve 20% e apareceu como o “plano B” mais citado.

Na pesquisa da semana passada, o ex-ministro foi o depositário de 23% das preferências e o ex-presidente registrou 20%. A pergunta sobre o nome em que o entrevistado pode votar é feita apenas ao partido que se diz não estar convencido de sua escolha – um universo de 18% atualmente.

Bolsonaro seria o favorito de 15% e Tebet de 13%. 11% votariam em branco ou nulo; 9% não sabem o que fariam.