Datafolha no RJ: Castro tem 31% e Freixo, 27% | Eleições 2022 no Rio de Janeiro

By | September 15, 2022

Pesquisa Datafolha publicada nesta quinta-feira (15), encomendada pela Globo de TV e da Folha de S.Paulo, destaca que o atual governador Cláudio Castro (PL) e o deputado federal Marcelo Freixo (PSB) Seguir tecnicamente relacionado candidato ao governo do Rio de Janeiro.

Em comparação com a pesquisa anterior do Datafolha, publicada em 1º de setembro, Castro manteve a mesma percentagem e Freixo ganhou um ponto percentual (olhar para baixo).

Intenção de votar no governador, motivou:

  • Cláudio Castro (PL): 31% (31% no Datafolha anterior, de 1º de setembro)
  • Marcelo Freixo (PSB): 27% (26% na pesquisa anterior)
  • Rodrigo Neves (PDT): 8% (7% na pesquisa anterior)
  • Wilson Witzel (PMB): 3% (3% na pesquisa anterior)
  • Eduardo Serra (PCB): 3% (2% na pesquisa anterior)
  • Cyro Garcia (PSTU): 3% (3% na pesquisa anterior)
  • Paulo Ganime (Novo): 1% (2% na pesquisa anterior)
  • Juliete Pantoja (SU): 1% (2% na pesquisa anterior)
  • Luiz Eugênio (CPO): 1% (0% na pesquisa anterior)
  • Em branco/nulo/nenhum: 14% (14% na pesquisa anterior)
  • Eu não sei: fique dentro 8% (10% na pesquisa anterior)

Cláudio Castro e Marcelo Freixo, em entrevista ao g1 – Foto: Marcos Serra Lima/g1

Intenção de votar no governador, espontânea

  • Cláudio Castro (PL): 21% (17% na pesquisa anterior)
  • Marcelo Freixo (PSB): 17% (15% na pesquisa anterior)
  • Rodrigo Neves (PDT): 3% (2% na pesquisa anterior)
  • Paulo Ganime (Novo): 1% (1% na pesquisa anterior)
  • Atual governador: 1% (2% na pesquisa anterior)
  • Outras respostas: 6% (5% na pesquisa anterior)
  • Em branco/nulo/nenhum: 12% (9% na pesquisa anterior)
  • Não sei: 39% (50% na pesquisa anterior)

A pesquisa também pedia o cenário do segundo turno com Castro e Freixo. Depois que o atual governador assumiu a liderança na votação anterior, os dois ficaram tecnicamente empatados novamente.

  • Castro: 43% (44% na pesquisa anterior)
  • cinza: 41% (tinha 37% na pesquisa anterior)
  • Em branco/nulo/nenhum: 12% (13% na pesquisa anterior)
  • Não sei: 5% (7% na pesquisa anterior)

O Datafolha perguntou se o eleitor está decidido em seu voto como governador. Veja os resultados:

  • totalmente decidida: 63% (59% na pesquisa anterior)
  • ainda pode mudar: 36% (41% na pesquisa anterior)
  • Romário (PL): 31% (31% na pesquisa anterior)
  • Alessandro Molon (PSB): 13% (12% na pesquisa anterior)
  • Clarissa (União Brasil): 8% (8% na pesquisa anterior)
  • Cabo Daciolo (PDT): 7% (8% na pesquisa anterior)
  • Daniel Silveira (PTB): 6% (6% na pesquisa anterior)
  • André Ceciliano (PT): 5% (6% na pesquisa anterior)
  • prof. Hélvio Costa (DC): 1% (1% na pesquisa anterior)
  • Raúl (SU): 1% (1% na pesquisa anterior)
  • Bárbara Sinedino (PSTU): 0% (1% na pesquisa anterior)
  • Itagiba (avançado): 0% (0% na pesquisa anterior)
  • Antonio Hermano (CPO): 0% (0% na pesquisa anterior)
  • Sued Haidar (PMB): 0% (não na pesquisa anterior)
  • Hiran Roedel (PCB): não foi mencionado (0% na pesquisa anterior)
  • Em branco ou nulo: 14% (13% na pesquisa anterior)
  • Não sei: 11% (10% na pesquisa anterior)
See also  Calendário Janeiro 2022 Imprimir

A pesquisa Datafolha também mediu a rejeição de candidatos do governo. Ou seja, para o qual o eleitor não votaria. O ex-governador Witzel permaneceu na vanguarda.

  • Wilson Witzel (PMB): 47% (52% na pesquisa anterior)
  • Marcelo Freixo (PSB): 25% (25% na pesquisa anterior)
  • Cláudio Castro (PL): 19% (18% na pesquisa anterior)
  • Juliete Pantoja (SU): 15% (15% na pesquisa anterior)
  • Cyro Garcia (PSTU): 12% (14% na pesquisa anterior)
  • Luiz Eugênio (CPO): 11% (11% na pesquisa anterior)
  • Eduardo Serra (PCB): 10% (13% na pesquisa anterior)
  • Paulo Ganime (Novo): 10% (10% na pesquisa anterior)
  • Rodrigo Neves (PDT): 9% (10% na pesquisa anterior)
  • Rejeitar tudo: 6% (4% na pesquisa anterior)
  • Vote em todos: 3% (3% na pesquisa anterior)
  • Não sei: 7% (9% na pesquisa anterior)

O Datafolha também perguntou a opinião dos eleitores sobre o governo de Cláudio Castro:

Pesquisa ouvida 1.202 pessoas de 13 a 15 de setembro, um 34 municípios do Rio de Janeiro. A a margem de erro é de 3 pontos percentuais mais ou menos, considerando um nível de 95% de confiança. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número RJ-00509/2022.