Datafolha no RJ, votos válidos: Castro, 44%; Cinza, 31% | Eleições 2022 no Rio de Janeiro

By | September 29, 2022

Pesquisa Datafolha publicada nesta quinta-feira (29), encomendada pela Globo de TV e da Folha de S.Paulo, destaca que C.Laudi Castro (PL) tem 44% dos votos válidos no primeiro turno das eleições para governador do Estado do Rio de Janeiro, enquanto Marcelo Freixo (PSB) tem 31%.

Na última pesquisa do Datafolha, publicada no dia 22, Castro teve 45% dos votos válidos, enquanto Freixo teve 33%. No total de votos, na pesquisa atual, o atual governador tem 36% dos votos enquanto o deputado federal tem 26%.

Intenção de voto para o governador, votos válidos:

  • Cláudio Castro (PL): 44% (45% no Datafolha anterior, de 15 de setembro)
  • Marcelo Freixo (PSB): 31% (33% na pesquisa anterior)
  • Rodrigo Neves (PDT): 11% (10% na pesquisa anterior)
  • Paulo Ganime (Novo): 4% (2% na pesquisa anterior)
  • Cyro Garcia (PSTU): 3% (2% na pesquisa anterior)
  • Wilson Witzel (PMB): 2% (2% na pesquisa anterior)
  • Eduardo Serra (PCB): 2% (2% na pesquisa anterior)
  • Juliete Pantoja (SU): Dois% (2% na pesquisa anterior)
  • Luiz Eugênio (CPO): 1% (1% na pesquisa anterior)

Para a contabilização dos votos válidos, excluem-se os votos vazios ou nulos e os indecisos, pelo que a Justiça Eleitoral conta e publica o resultado oficial das eleições.

O ex-governador Wilson Witzel, indiciado no ano passado, teve sua candidatura rejeitada pelo Tribunal Regional Eleitoral e recorreu ao Tribunal Superior Eleitoral.

Intenção de Voto para o Governador, Votos Plenos, Estimulados

  • Cláudio Castro (PL): 36% (36% no Datafolha anterior, em 22 de setembro)
  • Marcelo Freixo (PSB): 26% (26% na pesquisa anterior)
  • Rodrigo Neves (PDT): 9% (8% na pesquisa anterior)
  • Paulo Ganime (Novo): 3% (1% na pesquisa anterior)
  • Wilson Witzel (PMB): 2% (2% na pesquisa anterior)
  • Cyro Garcia (PSTU): 2% (2% na pesquisa anterior)
  • Juliete Pantoja (UP): 2% (2% na pesquisa anterior)
  • Eduardo Serra (PCB): 2% (2% na pesquisa anterior)
  • Luiz Eugênio (PCO): 0% (1% na pesquisa anterior)
  • Branco/nulo/nenhum: 10% (12% na pesquisa anterior)
  • Não sei: 9% (0% na pesquisa anterior)
See also  R$ 600 ou R$ 3.000? VEJA AQUI qual VALOR você vai receber HOJE (02/09); Veja o Calendário do Auxílio Emergencial 2022

Castro atinge as maiores taxas de intenção de voto entre:

  • homens em relação às mulheres (42% vs 30%);
  • evangélicos (48%);
  • os que aprovam o governo Bolsonaro (64%)
  • os que aprovam a sua gestão (73%).

Ash tem melhores taxas entre:

  • moradores da Região Metropolitana em relação ao interior (27% contra 21%);
  • mais escolarizados (34%);
  • aqueles com renda familiar mensal acima de 5 e 10 salários mínimos (35%);
  • os que desaprovam o governo Cláudio Castro (58%).

MAIS SOBRE PESQUISA DA DATAFOLHA

Intenção de votar no governador, espontânea

  • Cláudio Castro (PL): 25% (25% na pesquisa anterior)
  • Marcelo Freixo (PSB): 18% (16% na pesquisa anterior)
  • Rodrigo Neves (PDT): 4% (3% na pesquisa anterior)
  • Paulo Ganime (Novo): 1% (1% na pesquisa anterior)
  • Atual governador: 1% (2% na pesquisa anterior)
  • Candidato apoiado por Lula: -% (1% na pesquisa anterior)
  • Outras respostas: 7% (6% na pesquisa anterior)
  • Em branco/nulo/nenhum: 9% (9% na pesquisa anterior)
  • Não sei: 37% (35% na pesquisa anterior)

A pesquisa também pedia o cenário do segundo turno com Castro e Freixo. Os números de Castro e Freixo permanecem os mesmos da última pesquisa.

  • Castro: 46% (46% na pesquisa anterior)
  • cinza: 38% (38% na pesquisa anterior)
  • Em branco/nulo/nenhum: 12% (12% na pesquisa anterior)
  • Não sei: 4% (4% na pesquisa anterior)

O Datafolha perguntou se o eleitor está decidido em seu voto como governador. Veja os resultados:

  • totalmente decidida: 70% (64% na pesquisa anterior)
  • ainda pode mudar: 12% (35% na pesquisa anterior)

A pesquisa Datafolha também mediu a rejeição de candidatos do governo. Ou seja, para o qual o eleitor não votaria. O ex-governador Witzel permaneceu na vanguarda.

  • Wilson Witzel (PMB): 45% (49% na pesquisa anterior)
  • Marcelo Freixo (PSB): 29% (27% na pesquisa anterior)
  • Cláudio Castro (PL): 22% (21% na pesquisa anterior)
  • Juliete Pantoja (SU): 14% (14% na pesquisa anterior)
  • Cyro Garcia (PSTU): 13% (14% na pesquisa anterior)
  • Eduardo Serra (PCB): 11% (10% na pesquisa anterior)
  • Paulo Ganime (Novo): 10% (10% na pesquisa anterior)
  • Luiz Eugênio (CPO): 9% (9% na pesquisa anterior)
  • Rodrigo Neves (PDT): 9% (9% na pesquisa anterior)
  • Rejeitar tudo: 5% (5% na pesquisa anterior)
  • Vote em todos: Dois% (2% na pesquisa anterior)
  • não sei: 8% (9% na pesquisa anterior)
See also  Datafolha: 10% escolheram o presidente no dia ou na véspera - 10/08/2022 - Poder

O Datafolha também perguntou a opinião dos eleitores sobre o governo de Cláudio Castro:

  • excelente/bom: 32% (28% na pesquisa anterior)
  • regular: 38% (39% na pesquisa anterior)
  • muito ruim/muito ruim: 23% (21% na pesquisa anterior)
  • Não sei: 7% (8% na pesquisa anterior)

A pesquisa também mostrou que o ex-jogador Romário tem 37% dos votos válidos na disputa pelo Senado do Rio, cargo para o qual busca a reeleição.

  • Romário (PL): 37% (41% no Datafolha anterior, em 22 de setembro)
  • Alessandro Molon (PSB): 18% (16% na pesquisa anterior)
  • Clarissa (União Brasil): 16% (13% na pesquisa anterior)
  • Daniel Silveira (PTB): 10% (11% na pesquisa anterior)
  • André Ceciliano (PT): 10% (8% na pesquisa anterior)
  • Cabo Daciolo (PDT): 7% (8% na pesquisa anterior)
  • prof. Helvio Costa (DC): 1% (0% na pesquisa anterior)
  • Bárbara Sinedino (PSTU): 1% (1% na pesquisa anterior)
  • Raul (UP): 0% (1% na enquete anterior)
  • Itagiba (avançar): 0% (0% na pesquisa anterior)
  • Antônio Hermano (PCO): 0% (0% na pesquisa anterior)
  • Hiran Roedel (PCB): 0% (0% na pesquisa anterior)
  • Sued Haidar (PMB): 0% (0% na pesquisa anterior)

A pesquisa ouviu 1.500 pessoas entre 27 e 29 de setembro, em 44 cidades do Rio de Janeiro. A margem de erro é de mais ou menos 3 pontos percentuais, considerando um nível de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número RJ-03260/2022.