Eleições 2022: Saiba como foi o candidato presidencial de domingo e as declarações polêmicas

By | September 4, 2022

Em plena campanha eleitoral, os principais candidatos ao Palácio do Planalto tiveram programa completo neste domingo (04). ou Presidente Jair Bolsonaro (PL) ele foi o único que não revelou o programa do dia.

Confira abaixo onde estiveram e o que estiveram candidatos à presidência Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Ciro Gomes (PDT) E Simone Tebet (MDB).

Lula defende reajuste da tabela do SUS e critica ausência da Aid Brasil de R$ 600 no orçamentoou

Lula se encontrou com as empregadas domésticas do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP), nesta manhã.

Durante a reunião, o PT defendeu a proposta de aumentar as receitas do Sistema Único de Saúde (SUS) e preparar a rede de especialistas para a estrutura pública.

“A mesa do SUS precisa ser readequada para atender essas pessoas”, disse.

Lula também disse que não há recursos para as políticas sociais, incluindo o programa Minha Casa Minha Vida, que foi reformado e rebatizado de Casa Verde e Amarela pelo governo do presidente Jair Bolsonaro (PL).

O petista voltou a alegar que Bolsonaro não incluiu R$ 600 da Ajuda Brasil no orçamento de 2023.

See also  Número de candidatos na área da saúde cresce 11% nas eleições de 2022

Bolsonaro participa da troca da bandeira antes de 7 de setembro

O presidente Jair Bolsonaro, que pede a reeleição, não revelou sua agenda hoje, mas participou da cerimônia de “Troca da Bandeira”, evento que acontece sempre no primeiro domingo de cada mês na Praça dos Três Poderes, em Brasília . .

Ontem, durante evento com mulheres no Rio Grande do Sul, Bolsonaro voltou a xingar o ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes, que também é presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“Só porque há um vagabundo ouvindo nossa conversa atrás da árvore não significa que ele vai querer roubar nossa liberdade. Mais vagabundo do que quem está ouvindo a conversa é quem dá a caneta depois de ouvir o que esse vagabundo ouviu”, disse Bolsonaro.

O presidente se referiu à investigação realizada pelo STF contra oito empresários, que por meio do WhatsApp teriam conspirado contra a democracia.

Giro Gomes: Bolsonaro e Lula têm o mesmo modelo econômico e político

Ciro Gomes passeia em Alfenas (MG) e esta tarde foi para Uberlândia (MG), onde participa de um encontro com os moradores da cidade. À noite, em São Paulo, assista à inauguração do comitê na cidade, às 18h.

See also  Cielo (CIEL3): Com ações com alta de 150% em 2022, o que esperar dos resultados do 3T?

O pedestre disse que o presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) têm o mesmo modelo de organização política e econômica.

“O sistema marcou o povo brasileiro a escolher entre o mal e o pior. Porque? Já que os dois são pessoas diferentes, a gente sabe das coisas, todo bobo sabe que Lula e Bolsonaro são pessoas diferentes. Mas o modelo de organização da economia e o modelo de organização da política são estritamente os mesmos”, disse Ciro durante caminhada no município de Alfenas, em Minas Gerais.

Simone Tebet: “Nada contra a campanha de Michelle Bolsonaro, mas faça dentro da lei”

A senadora Simone Tebet se reuniu hoje com o arcebispo Dom Orlando Abrantes, em Aparecida (SP) e assistiu à missa na Basílica de Aparecida. Agora à tarde grava um programa de televisão de propaganda eleitoral.

O candidato do MDB à Presidência da República visitou ontem a Reatech Brasil Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade, em São Paulo, e aproveitou o evento para dizer que os gastos com Ciência e Tecnologia (C&T) ficarão fora do teto de gastos em seu eventual governo, bem como educação.

See also  Carnatal divulga atrações e preços para os três dias do festival; dê uma olhada - 13/09/2022 - Notícias

“O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação não terá cortes em hipótese alguma, todo o dinheiro alocado no Orçamento será executado e vamos retirar o teto. O teto de gastos permanece, mas Educação e Ciência, Tecnologia e Inovação ficam de fora, ” ele disse.

“Precisamos mudar o Presidente da República porque todos os anos ele corta, praticamente zera o Orçamento da Ciência e Tecnologia”, acrescentou.

* Com informações do Estadão Conteúdo e Agência Brasil